Veja como lidar com dependente químico na família

dependente quimico na familia

Lidar com um dependente químico na família éuma situacao muito delicada, a dependência química é considerada uma doença progressiva de acordo com a Organização Mundial da Saúde, e grande parte dos dependentes químicos muitas vezes não reconhecem que necessitam de tratamento. Por esse motivo, familiares e amigos são uma fonte de apoio muito importante nesse momento tão delicado.

Apesar do apoio dos familiares ser fundamental nesse processo, também é necessário saber a maneira adequada de como ajudar um dependente químico.

Portanto, se você está passando por uma situação parecida, nós selecionamos algumas dicas para orientá-lo como lidar com um dependente químico em sua família e como uma clínica de recuperação pode ser vital nessa batalha. Confira!

Entendendo a dependência química

Entender a dependência química como uma doença é o primeiro passo de qualquer tratamento anti-drogas. É preciso entender que por trás da dependência existe um conflito psicológico, pois os entorpecentes modificam as conexões do cérebro da pessoa, fazendo com que o usuário perca a capacidade de fazer escolhas corretas. Tendo isso em mente, tente abordar o uso de drogas através do diálogo. Além disso, afastar o parente do ambiente familiar pode ser arriscado, pois um dos motivos que podem levar alguém a usar drogas é a solidão, quando a pessoa se sente isolada, tende a fazer uso mais intenso de substâncias químicas como uma forma de escapar.

Você também precisa compreender que a dependência de seu ente querido não é sua culpa. Lidar com um dependente químico é uma situação muito complicada, e por esse motivo, não tente realizar essa tarefa sozinho, você precisa considerar receber ajuda de outros familiares, amigos e de profissionais especializados na área. Outro ponto importante é que você cuide da sua saúde também para que você esteja apto para ajudar seu familiar que precisa de ajuda. Apesar de ser um momento difícil, você tem que deixar o medo e a frustração de lado, para que assim você possa lidar com o dependente com compaixão e paciência.

O que é a codependência e o que fazer para evitar?

A codependência se baseia na colaboração com o vício de outra pessoa, mesmo que seja feita de forma inconsciente. Em grande parte dos casos, o dependente possui ao menos um parente codependente. Quando isso acontece, geralmente os familiares pensam que estão ajudando e acabam pagando as dívidas dos usuários de droga, e muitas vezes até dão dinheiro para o dependente, incentivando a dependência química mesmo que de forma involuntária.

 É necessário procurar um tratamento para acabar com o vício, é a única maneira de solucionar os problemas de forma efetiva.Para isso, alerte o seu familiar que o processo é complicado, mas que é possível vencer caso haja auxílio profissional e que a família sempre estará o apoiando nessa batalha. Mostre-lhe que existem terapias psicológicas e medicamentos eficazes que minimizam os sintomas da abstinência. 

Ajude a pessoa a entender que ela precisa de ajuda

As consequências do abuso de drogas dependem muito do tipo de substância que está sendo utilizada. Por essa razão, é importante saber o máximo possível sobre o tipo de vício, suas características e os efeitos que ele apresenta. Dessa maneira, você estará mais preparado e saberá lidar melhor com isso. Além disso, os tipos de tratamentos e reabilitação variam de acordo com a necessidade de cada paciente.

Mas cuidado! Quando for coletar informações sobre o assunto, não confie em tudo que está na internet, procure apenas por fontes confiáveis e converse com profissionais qualificados na área. A dependência química é uma doença crônica e piora com o passar do tempo se não houver o tratamento adequado. Ou seja, não é preciso esperar o caso se agravar para tomar uma atitude. Mas não se esqueça: jamais trate o dependente químico com acusações e julgamentos.

Na maioria das vezes, os dependentes químicos têm tendência para se culpar e achar que podem resolver tudo sozinhos, pois acreditam que somente força de vontade é o suficiente. Mas, infelizmente não é tão simples assim, pesquisas recentes concluem que as substâncias químicas alteram o funcionamento do cérebro, fazendo com que a pessoa se torne totalmente dependente desse vício.

É um processo muito complicado e frustrante, pois o dependente quando tem consciência e deseja parar de usar drogas, tem a autoestima afetada quando não consegue. Por esse motivo, o papel da família tem como objetivo encorajar o dependente e fazer ele enxergar que precisa de ajuda.

Como uma clínica de recuperação pode ajudar?

De acordo com o Relatório Mundial sobre Drogas das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) em 2019, foi revelado que 35 milhões de pessoas sofrem de transtornos mentais e físicos relacionados ao consumo de drogas no mundo. Desse número, apenas 1 dependente químico em cada 7 recebe tratamento. Como citado anteriormente, é extremamente vital para a saúde do dependente procurar a ajuda de profissionais, que irão examiná-lo para indicar o tratamento adequado que atenda as necessidades do dependente químico.

Além disso, na clínica de recuperação para dependentes químicos, você irá encontrar profissionais qualificados de uma equipe multidisciplinar — médicos, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras, nutricionistas e orientadores —, que irão te dar todo o suporte necessário nessa fase tão delicada.

Vale ressaltar que a família precisa estar preparada para enfrentar essa situação da melhor forma, por isso não hesite em procurar apoio profissional, também é válido participar de grupos de autoajuda e de apoio, participar de atividades recreativas e conversar com outras famílias que sofrem do mesmo problema. Isso demonstra que vocês não estão sozinhos nessa luta, mostra que existem soluções e ajudam a te fortalecer nessa caminhada. 

Temos consciência que acompanhar o tratamento contra a dependência química de alguém próximo é uma decisão difícil e geralmente a última opção. Por essa razão, é importante conhecer todas as etapas desse processo, assim como os desafios encontrados.

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto e quiser saber mais sobre opções de tratamento e mais detalhes sobre esses procedimentos, entre em contato conosco. Nós estamos aqui para amparar você e sua família!

 

 


Recent Posts

Núcleo Viver Sóbrio - 2018 © Todos os Direitos Reservados
Feito com por Marketing que salva vidas!.